Home / Destaques / APLB-SINDICATO EM AUDIÊNCIA COM A NOVA SECRETÁRIA
APLB-SINDICATO EM AUDIÊNCIA COM A NOVA SECRETÁRIA

APLB-SINDICATO EM AUDIÊNCIA COM A NOVA SECRETÁRIA

whatsapp-image-2017-01-09-at-13-54-16_edNesta segunda-feira, dia 9, a direção da APLB-Sindicato esteve em audiência com a nova secretária da Educação, Paloma Modesto, para tratar dos pontos constantes no documento encaminhado à SMED, desde o dia 03/01 e cujo conteúdo foi disponibilizado para conhecimento da categoria.

Além dos pontos constantes do ofício, a APLB questionou a Matriz Curricular, publicada no DOM de 06/01/2017, através da Portaria 464/2016. Também apresentou posição critica e contrária ao PL Escola Sem Partido, apresentado na Câmara pelo vereador Alexandre Aleluia (DEM), que representa um retrocesso para a educação no município do Salvador.

Confira o resultado das tratativas com a SMED:

  1. SOBRE O ADICIONAL DE FÉRIAS

A APLB tem trabalhado sistematicamente cobrando do Executivo Municipal o pagamento do adicional de férias, tendo sido ponto prioritário na audiência ocorrida hoje. Assim, a SMED apresentou a previsão de pagamento do adicional, entre os dias 15 e 25 de janeiro, prazo dado pela SEFAZ, quando será liberado o Sistema de Gestão Fiscal que está em fase de implantação.  E mais: A APLB garantiu junto à SMED o compromisso de que a educação seja a primeira a ser paga;

  1. SOBRE A LIBERAÇÃO DA MUDANÇA DE NÍVEL:

Ficou estabelecida a realização de reunião específica sobre o assunto, para o próximo dia 17, quando serão apresentados os critérios para publicação e procedimentos para o pagamento;

  1. LICENÇA PRÊMIO, GRATIFICAÇÃO DE APRIMORAMENTO E LICENÇA APRIMORAMENTO:

 A SMED deverá apresentar, ainda no mês de janeiro, os critérios para a liberação dos processos que aguardam publicação.

  1. MATRIZ CURRICULAR (PORTARIA 464/2016)

 Após a diretoria da APLB questionar as alterações, apresentando uma avaliação critica sobre o seu conteúdo, a SMED concordou em realizar reunião específica com a APLB para discutir a Matriz Curricular. Ressalte-se que as alterações dessa Matriz Curricular não passaram por discussão com a APLB-Sindicato.

  1. ESCOLA SEM PARTIDO

Já é sabido por todos que a APLB tem posição contrária a esse movimento que vem sendo tratado em nível nacional e que, lamentavelmente, já existe proposta em Salvador, através do Projeto de Lei do vereador Alexandre Aleluia (DEM). Sobre isso, a direção da APLB já apresentou posição firme de repúdio e rejeição ao referido projeto e já encaminhou documento ao presidente da Câmara Municipal, ao presidente da Comissão de Educação, assim como encaminhará representação junto ao Ministério Público.

PRESENÇAS NA AUDIÊNCIA:

SMED: Paloma Modesto, Secretária da Educação; Marília Castilho, Subsecretária da Educação; Joelice Braga, Diretora Pedagógica; Danilo Bittencourt, Gerente de Pessoas.

APLB-Sindicato: Elza Melo, Marilene Betros, Rose Aleluia, Marcos Barreto, Flávia Souza, Clarice Pereira e Silvana Coelho.

whatsapp-image-2017-01-09-at-13-52-39_ed