Home / Destaques / A APLB CONTINUA NA PRESSÃO PARA O PAGAMENTO DO ADICIONAL DE FÉRIAS
A APLB CONTINUA NA PRESSÃO PARA O PAGAMENTO DO ADICIONAL DE FÉRIAS

A APLB CONTINUA NA PRESSÃO PARA O PAGAMENTO DO ADICIONAL DE FÉRIAS

Em momento algum a APLB-Sindicato deixou de tratar com o Executivo Municipal sobre qualquer reivindicação dos trabalhadores;

Em hipótese alguma houve descuido por parte do Sindicato em tratar na mesa de negociação o pagamento do adicional de férias. A SMED sempre deixou patente que iria pagar junto com a folha de dezembro. A SMED quebrou o acordo!

Da mesma forma em que todos foram tomados de surpresa ao se certificarem que não sairia junto com o salário de dezembro, assim foi a direção da APLB. Até porque tem diretores do sindicato que são da rede municipal, portanto estão todos no mesmo barco!

A partir dessa constatação, a APLB passou a cumprir os seu papel de cobrar e pressionar junto ao Executivo municipal, através da Secretaria da Educação, prazo para efetuar o pagamento do referido beneficio.

Paralelo a isso, divulgou nota no site e nas redes sociais dando ciência das informações obtidas por meio da SMED, assim como, manifestou a sua indignação através de nota paga no jornal de maior circulação no Estado – A TARDE -, desde o dia 30 de dezembro pp. Além disso, fez postagens de outras matérias no site da entidade, nas redes sociais e não deixou ninguém sem informação ao procurar a entidade ou o diretor, individualmente.

Cobrando diária e sistematicamente da SMED, através do setor financeiro, a APLB obteve as seguintes informações:

  1. que os recursos provenientes do FUNDEB para pagamento do adicional de férias só entraram no dia 30 de dezembro e, como os bancos só funcionaram até o dia 29, não houve tempo hábil para os depósitos nas contas;

  1. que nesta data a Secretaria da Fazenda está trabalhando na implantação do Sistema Informatizado de Processamento Eletrônico de Dados, que é o Sistema de Gestão Fiscal – SGF;

  1. que os recursos para o pagamento do adicional de férias já estão empenhados e logo que o sistema for liberado, será liquidado, ou seja será disponibilizado nas contas de cada trabalhador;

  1. que efetivou o pagamento do adicional apenas para servidores da educação, cujas férias foram programadas em períodos diferenciados, no decorrer do ano de 2016;

A APLB-Sindicato, nunca hesitou em fazer a denuncia pelo fato da SMED não ter provisionado recursos para o pagamento devido, em cumprimento a L C nº 01/91 – Regime Jurídico Único dos Servidores da Prefeitura – no seu Artigo 92.

A APLB-Sindicato tem se manifestado junto à SMED no sentido de exigir PRIORIDADE para a liberação do adicional de férias da educação, antes de qualquer outro pagamento.

A APLB-Sindicato já encaminhou documento a nova Secretária da Educação solicitando audiência para tratar não só dessa questão, mas de outras demandas ainda sem atendimento por parte da SMED. Confira cópia do oficio abaixo.

A APLB-sindicato continuará mantendo a categoria atualizada sobre as informações que a SMED estará repassando. Na segunda- feira o Sindicato está na expectativa de obter noticias alvissareiras para repassar para todas e todos.

VISITEM CONSTANTEMENTE O SITE DA APLB-SINDICATO – REDE MUNICIPAL.

AS NOTICIAS VERDADEIRAS SÃO AS QUE TÊM A MARCA DA APLB- SINDICATO

Download (PDF, 53KB)